#

Buenos Aires - Como não entrar numa roubada (literalmente....)


Já tem alguns anos que Buenos Aires é um dos destinos turísticos no exterior mais visitados pelos brasileiros: a proximidade com o Brasil, o baixo custo e a língua (todo o mundo sabe enrolar um portuñol) facilitaram muito a viagem para lá.

Entretanto, uma das grandes preocupações que está surgindo é sobre a questão de assaltos na capital portenha. São várias histórias de gente que foi roubada, até mesmo dentro do hotel e é importante estar atento para não fazer parte desta estatística e cair numa roubada!

Particularmente, eu não achei a cidade perigosa, nas duas vezes que estive lá. Anda-se com certa segurança nas ruas, mesmo à noite (ao menos no bairro de Palermo), e não vi quase nenhum pedinte. Entretanto, posso dizer que essa sensação não é totalmente verdadeira: uma amiga que estava viajando com a gente foi furtada enquanto fazia compras na Calle Florida.

Parece que esta situação é absolutamente "comum" por lá: na delegacia de turista, o policial mencionou que a estatística era de cerca de 40 roubos por dia(!) de turistas brasileiros (só brasileiros) na Calle Florida (só nesta rua). Ou seja, os números assustam...

O pior não é só a questão do assalto, mas toda a dor de cabeça que acaba gerando: delegacia de turista, consulado para retirar permissão para viajar (acabaram levando a identidade dela tb). Ou seja, lá se foi 1 dia precioso da sua viagem.

Portanto, pra quem está indo pra Buenos Aires: é preciso tomar alguns cuidados. O site do consulado do Brasil dá algumas dicas para evitar esta dor de cabeça, entre elas:
1 - Atenção ao andar pela área da Calle Florida;
2 - Não levar o documento de identidade original ao andar pela cidade - leve sempre uma cópia;
3 - Não guardar todo dinheiro em um só lugar e procurar não andar com grandes quantias;
4 - Somente andar em taxis credenciados.

Para maiores informações, deixo o site do consulado:

Abraços e boa viagem!

Outras dicas de Buenos Aires:
Postar um comentário

instagram @oguiadeferias