Planejando uma viagem com o bebê: 5 dicas essenciais

Quem nunca ouviu (ou repetiu) a frase: "vamos aproveitar para viajar agora, pois depois que vierem os filhos não vai ser mais possível...

Como se deslocar em Lisboa

Lisboa é uma cidade com várias opções de transporte público, que facilitam o deslocamento pela cidade. O importante é somente escolher a opção mais adequada ao local que se deseja ir:
  • Metrô - Lisboa não possui uma rede de metrô extensa, mas atende perfeitamente às necessidades de deslocamento na cidade e com certeza é a melhor opção de deslocamento. São três opções de bilhete: Simples 1 zona, Simples 2 zonas e diário. Para o uso do bilhete, é necessário comprar o cartão Viva Viagem. O cartão pode ser recarregado com os bilhetes em qualquer estação, ou nas bilheterias ou nas máquinas de auto-atendimento. Para maiores informações, visite o site oficial do Metrô de Lisboa: http://www.metrolisboa.pt/
  • A pé: Por ser uma cidade cheia de ladeiras, não é muito fácil nem aconselhável longas caminhadas. Mas quem quiser investir em apreciar a cidade a pé, os lugares mais propícios são o Bairro de Belém, que é relativamente plano e as atrações estão bem próximas uma das outras, o bairro da Baixa e a Rua Augusta, que é mesmo uma rua de pedestres; e o bairro de Alfama, que apesar de repleto de ladeiras, é convidativo a uma caminhada.
  • Elétrico: O Elétrico 28 não é somente um meio de transporte, mas uma das atrações de Lisboa e sem dúvida imperdível! A melhor forma de chegar a Alfama é através dele.
O elétrico também é a melhor solução para quem quer chegar ao bairro turístico de Belém, que não é atendido pelo metrô. Para tal, deve-se pegar o Elétrico 15 na Praça da Figueira.
  • Ônibus turístico (Sightseeing Bus) - Para quem dispõe de pouco tempo e/ou quer ter uma visão geral da cidade, uma boa opção é o ônibus turístico, que passa pelas principais atrações. É possível embarcar e desembarcar quantas vezes quiser nas paradas, dentro do prazo de validade do bilehte, que é de 48hs. Informações sobre preços e paradas aqui.

Postar um comentário