#

Ouro Preto e Mariana - Roteiro de 2 dias

"Oh, Minas Gerais! Oh, Minas Gerais! Quem te conhece não esquece jamais...". Assim diz o refrão da famosa música que é conhecida como o hino deste estado brasileiro. E realmente, Minas Gerais possui encantos que fascinam "de cara" o visitante. 
O belíssimo conjunto arquitetônico das cidades históricas, a culinária caprichada, o povo simples e receptivo, a cultura local são alguns dos ingredientes deste saboroso local, que é difícil de esquecer...
                   

OURO PRETO - HISTÓRIA

Quando se fala em Minas Gerais, é fato: o primeiro destino que vem à mente é a cidade histórica de Ouro Preto, reconhecida como o maior conjunto de arquitetura barroca do país. Superlativos não faltam a esta cidade, que foi a primeira do país a ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO.
Com a descoberta do ouro no final do século XVII, o pequeno povoado cresceu e recebeu o nome de "Vila Rica", passou a ser a capital do estado de Minas Gerais (e assim o foi por dezenas de anos...) e uma das maiores e mais ricas cidades do país. 
Para "exibir" toda a sua riqueza, foram construídas dezenas de Igrejas, a maioria no estilo Barroco e muito ornamentadas. 
Após o declínio das minas de ouro, e a perda do título de capital do estado, permaneceu a rica arquitetura, fazendo de Ouro Preto um dos principais destinos turísticos do Brasil. 

DICA DE POUSADA EM OURO PRETO

Ficamos hospedados na Pousada Laços de Minas e adorei! Funcionários atenciosos, limpeza impecável, ótimo café da manhã, linda decoração e infraestrutura... Além disso, está incluso no valor da diária um chá da tarde, com pães, bolos, chás, servido de 17hs às 18:30hs. 

O único ponto negativo ficou por conta do wi-fi, que não funcionou durante o período que ficamos hospedados... No mais, recomendo!

ATRAÇÕES SUGERIDAS - ROTEIRO DE 2 DIAS

Dia 1 - Centro histórico de Ouro Preto

Reserve o primeiro dia para conhecer o centrinho histórico de Ouro Preto. Começando pela "atração nº 1" da cidade: a Igreja de São Francisco de Assis. Considerada a obra-prima da arte colonial brasileira, foi projetada por Aleijadinho, que também é autor do lavabo da sacristia, todo feito em pedra sabão. Mas o que chama mesmo a atenção é o forro da nave, pintado durante 10 anos (!) por Mestre Ataíde, que cria a ilusão de infinito. 
Em frente à igreja, existe uma Feira de artesanato em pedra sabão. Aproveite para "garantir" as lembrancinhas. Dica: pechinche! É possível conseguir um preço mais em conta. 

                                        




Seguindo rua acima, se chega à Praça Tiradentes, a mais importante da cidade. Na praça, existe o Museu da Inconfidência, que conta a História deste movimento tão importante para o país. O museu só abre de 12hs às 17hs.





Atrás do Museu, está a belíssima Igreja de Nossa Senhora do Carmo, com uma vista ainda mais linda! Certamente, a igreja que eu mais gostei em Ouro Preto. 

                                           




Outro lugar interessante para ver é a Casa dos Contos, era a antiga casa onde o ouro era pesado e taxado por Portugal. No subsolo há uma antiga senzala e, também, uma exposição de moedas antigas do Brasil. 



No mais, é interessante caminhar pela cidade (haja perna para as ladeiras!), provar a culinária local (Tutu de feijão, pão de queijo...), admirar a arquitetura, visitar (mais) igrejas...







À noite um lugar interessante para jantar e tomar umas cervejas é o Escadabaixo Pub, no subsolo do Café Geraes. Lugar muito legal! Reservado, boa atmosfera e bonito. Aproveitamos para pedir uma cerveja Backer, que foi um dos pontos positivos da viagem à Minas!

Uma opção para quem deseja "fugir" (só um pouco) da culinária mineira é o Restaurante Tratoria Oro Nero. Este restaurante, de cozinha italiana, possui um serviço atencioso e os pratos são deliciosos, feitos com muito capricho. O atendimento é muito bom, o gerente do restaurante, inclusive nos ofereceu um pequeno drink de cortesia, feito com cachaça, mel, suco de laranja e licor de jabuticaba. Para a refeição, recomendo o spaghetti ao molho de  tomate e mozzarella de bufala, simplesmente delicioso!

Dia 2 - Minas da Passagem e Mariana

No segundo dia fizemos o passeio que eu mais gostei da viagem: visitamos as Minas da Passagem, a maior mina aberta à visitação do mundo!

O passeio é muito legal e dá pra conhecer bastante a história da região, e um pouco da história do Brasil. 

Neste passeio o visitante desce a mais de 100 metros de profundidade num trolley (aqueles carrinhos típicos das minas) "original", que era utilizado há dezenas de anos atrás, e ainda em operação (detalhe: manual!). 

Durante o passeio, o guia que nos levou (que é filho de minerador) conta toda a história do local. E o mais interessante é que ele conta não de uma forma artificial ou como um guia que tem tudo "decorado", mas como um mineirinho que conta seus "causos" e "fofocas". Muito legal!

Para terminar, fizemos uma rápida visita na cidade de Mariana (que eu confesso que achei muito sem graça). 

Enfim, Ouro Preto me encantou!







Fotos acima: Minas da Passagem
Centro Histórico de Mariana
Postar um comentário

instagram @oguiadeferias