#

York, a "old" York


Durante a nossa viagem ao Reino Unido em janeiro deste ano, tiramos um dia para visitar York, no norte do país (perto de Manchester/Leeds).

York é uma das cidades mais antigas (e mais bonitas!) da Inglaterra, com mais de dois mil anos de História. Fundada pelos romanos, já esteve sob o domínio de vários povos, incluindo os Vikings, durante alguns anos na Idade Média.

A cidade soube manter um pouco da arquitetura e do “clima” da Idade Média, o que a tornou uma das principais cidades turísticas no país.  


* O que fazer *

Um programa interessante por lá é passear pelo interior da cidade amuralhada e o centrinho histórico, mais especificamente pela área de The Shambles, várias ruazinhas e vielas que parecem que pararam no tempo.

 


Mas o grande “cartão postal” da cidade é a sua catedral, a York Minster, considerada a maior catedral de estilo gótico no Norte da Europa e uma das igrejas mais bonitas da Inglaterra. Pena que o ingresso é (bem) salgado, a partir de £10 por pessoa (cerca de R$38,00! – preços de 2013).

No final da tarde, aproveitamos para tomar um chá no Bettys Café and Tea Rooms, uma das cafeterias mais antigas e tradicionais da cidade.  











* Como chegar *

Quem planeja ir de Londres a Edimburgo, ou vice-versa (como o nosso caso), a cidade é um bom “pit stop” de um dia.

Quem estiver de carro, a melhor opção é parar fora do centro amuralhado. Lembrando que no Reino Unido, o estacionamento é “pré-pago”, de acordo com o tempo estimado de permanência. O motorista deve se dirigir a uma das “self-machines” no estacionamento, pagá-lo por conta própria e deixar o papel à mostra no vidro do carro (semelhante ao Brasil). A diferença é que lá não há “cobrador” (é, mas tem fiscal pra verificar quem não está pagando o estacionamento...).

A cidade conta com uma estação de trem próxima ao centro histórico, então é fácil de chegar para quem está de transporte público. Em Londres, o trem para York parte da Kings Cross Station (http://www.nationalrail.co.uk).

York está a cerca de 2h30 de distância de Londres e a 3h de Edimburgo.
Postar um comentário

instagram @oguiadeferias