#

Dicas de Restaurantes no Rio de Janeiro: Copacabana

Tudo bem que eu não sou nenhuma "expert" em cozinha, mas tenho lá os meus talentos quando se trata de colocar a barriga no fogão...Gosto de cozinhar e consigo ir além do ovo frito / miojo / arroz-e-feijão. 
Agora, tem hora que cozinhar o tempo todo meio que enjoa e cansa, não é verdade? E quando se mora em um lugar com várias (e boas!) opções de restaurantes logo ao lado, é ainda mais tentador sair pra almoçar e jantar fora, principalmente nos finais de semana. Eu, como moradora de Copacabana, sofro deste mal... Para mim, é praticamente um vício ir comer fora! Acabo indo até mais vezes que gostaria durante a semana (= mais do que minha carteira gostaria). 

Enfim... A parte boa desta história toda é que tenho uma seleção de restaurantes favoritos na cidade, que estão localizados bem na zona turística e que são uma ótima opção para quem visita o Rio e não sabe onde e o que comer, e principalmente, quanto se gasta em uma refeição. Tudo bem que a cidade não é nenhum pólo gastronômico como Londres ou São Paulo, mas há, sim, bons lugares.

Pensando nisso, fiz este post com várias dicas de restaurantes no Rio de Janeiro (Parte 1 - Copacabana), incluindo críticas verdadeiras do que eu acho da comida e atendimento no local e qual o custo médio de uma refeição. Lembrando que este post são apenas os restaurantes em Copacabana. Em breve vou escrever sobre os outros locais (Botafogo, Flamengo, Leblon, Ipanema, Urca, Centro...). 

BOTECO: Bar do Adão

Ah, os botecos do Rio... São praticamente patrimônio cultural da cidade! Um dos meus favoritos é o Bar do Adão (Rua Aires Saldanha, 13). Lá, a especialidade são os pastéis. Eles têm um menu extenso com várias combinações diferentes de recheio (sei lá, devem ser mais de 50!), entre salgados e doces. E os pastéis são bem recheados mesmo, uma delícia! 

Costuma ficar bem cheio nos fins de semana e o atendimento é  impessoal e às vezes demora um pouco. Mas no final vale a pena!




BOTECO: Botequim Informal

Uma das principais redes de botecos da cidade, com unidades em vários bairros. Só em Copacabana são duas: Rua Domingos Ferreira, 215 e Av N S Copacabana, 434. O que mais gosto lá é o chopp (claro / escuro), bem cremoso. Ah! E as "chapas": carioquinha e mineirinho (frango ou filé na chapa com batata frita ou aipim frito).



BOTECO: Belmonte

Outra grande rede de botecos carioca. Média de preços um pouco mais cara que a do Botequim Informal, mas com mais opções de salgadinhos, principalmente empadas. Também costuma ter uma atmosfera melhor. O endereço? Rua Domingos Ferreira, 242. 

BOTECO: Boteco da Garrafa

Como o próprio nome diz, o negócio aqui não é o chopp, e sim as cervejas em garrafa! Destaque para o balde de cervejas, com 5 unidades long neck (Stella Artois, Budweiser) por R$30. Também tem uma ótima seleção de cervejas importadas. Tudo em garrafa! Fica na Rua Bolívar, 27. 

Obs.: Caso vá no bar à noite, você certamente irá encontrar uma senhora idosa, super gente fina, torcedora do Fluminense (Ok, todos têm defeitos...rs) e que adora uma cervejinha. Ela é frequentadora assídua, acho que vai todos os dias! :p

BOTECO: Devassa

Das super redes de botecos, essa é a que eu menos gosto. A cerveja é ótima, mas oferece poucas opções de petiscos e o preço é o mais carinho de todos. Mas o visual é bonito, fica na esquina da praia: Rua Bolívar, 8. 

BOTECO: Pavão Azul

Boteco bastante antigo e muito tradicional em Copa. O lugar é bem pequeno para o grande número de frequentadores, então a solução encontrada foi atender o público na rua mesmo, que fica em pé na calçada, apoiando as bebidas e petiscos em "mesas" (tábuas) improvisadas. 

O sucesso do local são as pataniscas (bolinhos de bacalhau com quase zero de batata). São mesmo ótimas! Mas, além do desconforto de ficar em pé comendo, o atendimento é péssimo, algumas vezes que fomos lá tivemos que esperar cerca de meia hora para sermos atendidos. 




COMIDA JAPONESA: Lapamaki

Comida japonesa. Ou você adora ou você odeia. Eu adoro! Amo, delícia, tudo de bom! 

Apesar de não ser o meu restaurante japonês favorito, minha primeira opção em Copacabana é o Lapamaki (Rua Bolivar, 7).

Sou cliente do local desde que abriu, há uns 5 anos atrás, com a primeira filial na Lapa. Na época, era uma pechincha, rodizio ótimo e super baratinho. Aí foi ficando famoso, cresceu e ... foi ficando caro! Tanto que nem peço mais o rodízio de lá, mas... eles (e apenas eles) têm uma ótima opção pra quem quer diversidade sem gastar muito: o combinado rodízio. É uma seleção dos pratos principais do rodízio, em pequenas porções. Tem um pouquinho de sushi, sashimi, yakissoba, harumaki, temaki, espetinhos, cogumelos, o delicioso carpaccio - hummm - e de quebra uma sobremesa no final! O preço é R$59.90 (outubro/2013)

Agora, na minha opinião, só vale a pena se for dividir um combinado entre duas pessoas. Mas tem que ser duas pessoas que comam pouco. 

COMIDA JAPONESA: Keyzen Lounge

A segunda opção em Copacabana é quando eu estou a fim de enfiar o pé na jaca e me encher de rodízio de comida japonesa! Mas ainda gastando pouco! Na última vez que eu fui no Keyzen Lounge (Rua Constante Ramos, 93), em outubro deste mês, o rodízio estava em promoção. Apenas R$ 49,90 por pessoa (segunda a quinta-feira) e R$59,90 na sexta, finais de semana e feriado! (por isso falei que o combinado do Lapamaki só vale a pena se for pra dividir...). 

O atendimento lá é ótimo, tem uma garçonete, a Cris, que é um amor e explica tudo direitinho sobre os pratos. O preço também é muito bom, mas na minha opinião, o melhor rodízio de japonês que já fui no Rio fica em Botafogo! No próximo post eu explico... (Ok, ainda não tive coragem de gastar meu rico dinheirinho no Sushi Leblon).



COMIDA MEXICANA: Rota 66

O Rota 66 (Avenida Atlântica, 3092 - esquina Rua Bolivar) é um dos mais novos restaurantes de Copacabana, esta filial foi inaugurada em junho deste ano (um pouco antes da Copa das Confederações) e em pouco tempo já se tornou um sucesso total! Dá pra perceber que a comida mexicana está em alta aqui no Brasil...

O restaurante é lindo (decoração impecável), bem espaçoso, com 2 ambientes: um no interior e outro ao ar livre. E ainda tem um plus: fica de frente para a praia, em plena Avenida Atlântica. O cardápio é no estilo tex-mex. 

RESTAURANTE ITALIANO - Cantina Donanna

O nome já diz tudo! Este restaurante é uma verdadeira cantina italiana, com direito a mesinhas com toalhas quadriculadas nas cores da bandeira italiana. Ambiente simples, as massas são caseiras e deliciosas, e com um preço barato (em média R$27 - R$30 por pessoa). Além de escolher a massa, o cliente escolhe entre as várias opções de molhos para acompanhamento (o meu favorito é o primavera, com creme de leite e tomates! Hummmm). Fica na Rua Domingos Ferreira, 63. 





COMIDA ÁRABE - STAMBUL 

Prefere comida árabe? Copacabana também tem! O Stambul (Rua Domingos Ferreira, 221) tem pratos bem servidos que dá pra dividir, além dos salgados básicos (esfiha e kibe). Minha pedida favorita lá é: hommus, tabule e kafta (vem com pão árabe). Sai por cerca de R$50 para duas pessoas (meia porção do hommus e tabule). 

COMIDA ÁRABE - ARAB

Outra opção de comida árabe em Copacabana é o Arab (Avenida Atlântica 1936 - esquina Rua República do Peru). O legal de lá é que na hora do almoço o restaurante funciona a kilo. É um pouco caro (acho que cerca de R$6,00 por 100 gramas), mas há muita variedade e dá pra experimentar um pouquinho de tudo! Ótima opção para quem come pouco. 

Além disso, o restaurante é lindo! Decoração e ambiente no estilo árabe.


TAPAS - EL BORN

Acho que o Rio de Janeiro não tem muitas opções de restaurante de tapas (petiscos tradicionais espanhóis). Só isso explica o fato dos restaurantes que se intitulam com esta cozinha cismarem em ser tão caros! Afinal, não é uma cozinha cara ou "especial" que justifique o alto preço. Quem já teve a oportunidade de ir a um restaurante de tapas na Espanha fica realmente desapontado! Enfim... O El Born (Rua Bolivar) é um dos novos restaurantes de Copa. Ambiente bonito, "chique" e que se paga por ele na conta. A comida em si não achei realmente boa pelo preço, mas o atendimento é legal.




FRUTOS DO MAR - ADEGA PÉROLA

Um dos botequinhos mais tradicionais de Copa e participante do "Comida di Buteco". Sempre muito cheio, faz o estilo "comer-em-pé-em-frente-ao-balcão". Não é lá dos mais baratos, mas os frutos do mar estão sempre fresquinhos e saborosos e a vitrine onde os petiscos ficam expostos é de dar água na boca!


COZINHA CONTEMPORÂNEA - Zot

O Zot é um bistrô muito charmosinho, sendo uma ótima opção para uma noite especial! Às terças-feiras é noite de jazz. A minha sugestão de pedido lá é a tábua de frios e uma garrafa de brut! :)



COZINHA CONTEMPORÂNEA - Skylab 

O Skylab é o restaurante do Hotel Othon. O charme de lá é a localização privilegiada, no 30º andar do hotel,o que confere e uma vista linda de Copacabana! Perfeito para uma ocasião especial. 



É claro, o bairro também oferece Mc Donalds, Subway, Bobs (aliás a primeira casa da rede fica aqui!)... Mas, depois de tantas boas opções, dá até pena entrar numa rede de fast food...
Postar um comentário

instagram @oguiadeferias