#

Como é assistir ao GP Brasil de F1 em São Paulo

Neste último final de semana - 22 a 24/11/2013, São Paulo recebeu, mais uma vez, um dos maiores eventos esportivos mundiais: o Grande Prêmio de F1! Este ano eu tive a oportunidade de acompanhar ao vivo o GP pela primeira vez, depois de quase 15 anos de paixão pelo esporte!
Não tenho nem palavras para descrever como foi a emoção de estar ali na arquibancada, torcendo, vibrando e curtindo tudo de pertinho. Fiquei até emocionada...



Para quem planeja ir ao evento no próximo ano em São Paulo (já está pré-aprovado o calendário de corridas de 2014!), deixo algumas dicas importantes que me ajudaram a me organizar melhor e aproveitar mais o evento:

COMO CHEGAR EM INTERLAGOS

Para chegar em Interlagos, utilizei o serviço de ônibus expresso que a prefeitura de São Paulo disponibiliza no sábado e no domingo. Gostei muito! Bem organizado, e com vários pontos para embarque e desembarque - tanto na ida, quanto na volta.

É bom frisar a importância de se programar para chegar lá cedo. O trânsito de São Paulo é realmente "uma coisa". No sábado levamos quase duas horas para chegar ao autódromo, contabilizando a ida de Vila Mariana até o metrô Jabaquara, e o ônibus expresso de lá até Interlagos. 

Já no domingo de manhã, quase não tinha trânsito e chegamos bem cedo. 

Bilhete do ônibus expresso F1

O longo caminho até Interlagos

O ônibus
INSTALAÇÕES

Compramos nossos ingressos para a segunda arquibancada mais popular, o Setor A. Tudo bem que se tratava de um setor popular, mas achei as instalações sem total conforto e muito aquém do preço pago (cerca de R$650 por pessoa). 

As arquibancadas são descobertas, isso nós já sabíamos, e como choveu muito no sábado, nos molhamos demais! Pensamos que estávamos preparados para a chuva com os nossos casacos impermeáveis e com capuz, mas esquecemos um detalhe importante: sentar no molhado não é muito legal! hahahaha... Esquecemos de cobrir as pernas... Então, comprar uma capa de chuva é totalmente essencial para quem vai assistir uma corrida em Interlagos (já que geralmente chove muito por lá!). Acabamos comprando as benditas capas de chuva no domingo (pechinche! O camelô queria uma por R$10, mas insistimos um pouco e compramos duas por R$8! :D), mas acabamos não utilizando, já que neste dia não choveu. 

Muita chuva no sábado!

Vencida a etapa da chuva, é hora de se preparar para outro desafio: sentar na arquibancada, feita de concreto. E só. Sem nem um assento de plástico básico. É muito sofrimento, mas dá pra encarar. 

Os banheiros até que estavam bem limpinhos e cuidados, sempre com papel higiênico disponível (importante comentar né?). Ok, era o banheiro feminino, que representava, sei lá, uns 5% dos espectadores. Mas o meu marido não reclamou do banheiro masculino, então acho que também devia estar bom. 


Estão prevendo uma "big" reforma para o autódromo para 2014 ou 2015. Será que o autódromo vai melhorar com essas reformas previstas? Vão implantar um padrão de qualidade? Tenho certeza que o autódromo está com uma qualidade bem inferior àquela dos modernos circuitos asiáticos e do Oriente Médio (que um dia ainda quero conhecer!). 

QUAL SETOR

Ficamos no Setor A e, apesar das reclamações da seção anterior, ainda acho que é o local com melhor custo-benefício. Vista da entrada dos boxes e parte do grid da largada, da reta dos boxes e de boa parte do circuito, incluindo o Laranjinha e Bico do Pato. Aprovado! E, como um plus, ainda tivemos uma vista privilegiada do show do Vettel e Massa, fazendo "zerinhos" no final da prova. 





ALIMENTAÇÃO

Nem precisaria comentar que a comida por lá é super cara, né? R$8 por um espetinho de carne e R$10 por uma porção de batata-frita... Cerveja por R$5 a latinha. Mas o pior mesmo são as opções restritas, a desorganização e as filas!



COMPRAS

Há vários stands vendendo produtos de praticamente todas as equipes, desde camisas, bonés até chaveiros e outros. Claro, o preço dos produtos é mais caro comparado ao das lojas online, mas acho que pode valer a pena para quem não tem nenhum produto.


A CORRIDA

Todos os pontos negativos que possam acontecer são minimizados pelo espetáculo que é a F1. Ver os carros acelerando, escutar o barulho dos motores é muito emocionante!


Postar um comentário

instagram @oguiadeferias