#

Aruba: One happy island!


A simpática ilha de Aruba foi a nossa primeira parada no cruzeiro pelo Caribe.



Tínhamos praticamente o dia inteiro disponível para explorar a ilha (7 às 20hs) e fizemos o planejamento pensando em conhecer os principais pontos do país: a praia de Palm Beach e a capital Oranjestad.

Como tinha pesquisado anteriormente sobre as atrações, preços e como chegar, resolvemos que o custo benefício de conhecer a ilha por conta própria seria melhor do que contratar qualquer excursão do navio. Na verdade, sempre tenho preferência por fazer passeios por conta própria, geralmente é mais econômico e sempre dá mais liberdade de fazer o que quiser e ficar por quanto tempo quiser.

Saímos do navio e procuramos o ponto de táxi, ainda dentro do Porto. Acabamos desistindo, já que o taxista queria insistir em um valor diferente do tabelado (a tabela estava ao lado dele!) com a justificativa de ser feriado. O valor do táxi para Palm Beach deveria ser $13 dólares por corrida.

Então, saímos do porto e tentamos encontrar um táxi nas ruas de Oranjestad. Acabamos parando para pedir informações a uma menina na rua, que nos indicou que a melhor maneira era pegar o ônibus, cujo ponto final era logo atrás de um shopping onde a gente estava (adoro quando as pessoas são sinceras e prestativas! Aliás, o povo de Aruba é bem assim, e todos falam inglês e/ou espanhol muito bem!).

Enfim, compramos a passagem (já de ida e volta) na bilheteria, recebemos um cartão para o ônibus (estilo Rio Card no Rio ouOyster em Londres), embarcamos e em menos de 20 minutos estávamos em Palm Beach!

De cara, a praia já impressiona: muito luxuosa (os hotéis são maravilhosos, em especial o Renaissance!), ótima infraestrutura com barracas e cadeiras, praia de areias brancas e mar verdinho, sem ondas... Um paraíso!





Alugamos umas cadeiras de praia (que acabaram saindo de graça por causa da consumação!), tomamos umas bebidas (meu marido tomou a cerveja local, Balashi!) e ficamos a manhã inteira aproveitando a praia :)



Para o almoço, escolhemos um dos restaurantes da orla. O serviço é “padrão americano” (até porque Aruba recebe tantos turistas deste país que é “feita” para eles): ótimo atendimento, comida deliciosa e apresentação impecável. Além de servirem água de graça! (Economizamos na bebida...).

No início da tarde, caminhamos um pouco na praia e voltamos para Oranjestad, pegamos o ônibus na mesma rua que descemos. Até pensamos em fazer um passeio de escuna para snorkel / mergulho (que eu confesso que me arrependo de não ter ido). São várias agências oferecendo o passeio em 2 horários: 9hs e 13hs. 

As lojas já estavam abertas em Oranjestad, aproveitamos para fazer umas comprinhas, visitamos o Royal Plaza (aquele shopping cor-de-rosa logo em frente ao Porto!) e mais algumas lojinhas e voltamos ao navio pouco antes das 16hs (ou seja, com bastante tempo de sobra!).






Enfim, adoramos Aruba e a experiência da primeira parada no navio. Deu pra aproveitar bastante da ilha, e mesmo se tivesse feito o passeio da scuna ainda teria sido tranquilo!




Postar um comentário

instagram @oguiadeferias