Planejando uma viagem com o bebê: 5 dicas essenciais

Quem nunca ouviu (ou repetiu) a frase: "vamos aproveitar para viajar agora, pois depois que vierem os filhos não vai ser mais possível...

Itaipava: O “Vale Gourmet” do Rio de Janeiro

Itaipava, na Região Serrana do Rio de Janeiro, é conhecida como o “Vale Gourmet” do Estado. São vários restaurantes “conceituados”, muitos com chefs de cozinha renomados e de várias especialidades diferentes.

A maioria está localizada no trecho da Estrada União e Indústria que passa pelo centro da cidade.

No final de semana que estivemos por lá, experimentamos a cozinha de dois restaurantes, além do fondue (maravilhoso!) preparado pelo dono da pousada que ficamos hospedados.

Como nada é “perfeito”, os preços costumam acompanhar a boa qualidade da cozinha. Nada exorbitante, mas é bom preparar o bolso.

VAGÃO BEER
Talvez seja a decoração super criativa – o restaurante fica, literalmente, dentro de um vagão de trem! Ou então, a vastíssima carta de cervejas – nacionais e importadas. Ou, ainda, os steaks suculentos com o ponto certinho, ao gosto do cliente, e os molhos e acompanhamentos saborosos (alguém já viu que delícia é um rostie de legumes?). O fato é que o restaurante/bar é um dos principais da cidade – e não é à toa. Além do ótimo custo-benefício, que não é tão fácil de ver em Itaipava.





PARADOR VALENCIA
Esse restaurante fica numa ladeira ao lado da Estrada União e Indústria. O local é simples mas muito autêntico. O dono é um espanhol e o sucesso por lá são as paellas e outros pratos da culinária espanhola, como a seleção de “tapas”.


CERVEJARIA BOHEMIA (Petrópolis)
Na região há duas fábricas de cerveja que oferecem visita guiada: O Beer Tour da Cervejaria Itaipava, em Itaipava, é gratuito, mas é necessário ligar para agendar com antecedência e os horários são pré-determinados. A visita é à fábrica, em produção.

Já em Petrópolis, a Bohemia possui um tour guiado pelo Museu da Cerveja, onde o visitante aprende um pouco sobre a História da bebida, como foi “inventada”, até chegar ao Brasil e os dias atuais. No fim, há uma explicação sobre o processo de fabricação da cerveja, além da degustação, é claro. O tour é pago. 

  
  

OUTRAS ATRAÇÕES
Além de comer muito bem e aproveitar o friozinho da Serra para relaxar, Itaipava também conta com alguns haras abertos ao público para passeios a cavalo, entre outras atividades.

Como estava gestante, não cheguei a visitar nenhum. Perto da pousada onde nos hospedados está o Haras Analu(http://www.cavalosecavalgadas.com/cavalgadas/cavalgada-haras-analu-39/), um dos principais da região, que oferece passeios guiados a cavalo com preços que variam de R$50,00 a R$150,00 por pessoa.





Um dos principais “símbolos” da cidade é o Castelo de Itaipava, entretanto, o local (que atualmente funciona como salão de festas) somente abre para visitas na primeira quinta-feira do mês. Mais informações no site oficial.



Postar um comentário