#

Trancoso, a vila hippie chic da Bahia

Por Julie Ana Speedy

Já perceberam que volta e meia aparece um pequeno vilarejo ou colônia de pescadores, lugar bonito e tranquilo, que de repente "bomba" e fica na moda entre os turistas? Já foi assim com Jericoacoara e Canoa Quebrada no Ceará, Morro de São Paulo na Bahia... De uns tempos pra cá um destino que também despontou como "hippie-chique" é Trancoso, também no belíssimo estado da Bahia.

A vila foi se consolidando como destino turístico e aos poucos foi agradando e virou febre principalmente entre os endinheirados. Vários milionários, artistas e gente famosa decidiram passar férias na cidade... Aí pronto! A cidadezinha ganhou fama!

A impressão quando se chega em Trancoso é realmente essa... Um lugar bem simples, rústico, mas com ares de sofisticação (e alguns precinhos bem salgados...). A cidade é linda, mas, particularmente, não achei essa coca-cola toda não... A infraestrutura deixa um pouco a desejar e a noite no Quadrado é meio morna. Mas vale a pena pra quem quer descansar (ou tem muito dinheiro pra aproveitar as super festas particulares).


O QUE FAZER?

As principais atividades na cidade são: 


1. Curtir o ponto principal, o famoso Quadrado, uma pracinha (apesar do nome, em formato retangular) com uma igreja no final e várias casinhas coloridas ao redor. A maioria dessas casas hoje são lojas ou restaurantes e bares, que abrem no início da noite, quando o pessoal tá voltando da praia.




2. Claro, aproveitar as praias. As praias centrais ficam a uns 15-20 minutos de caminhada do Quadrado. Não é muito perto porque a cidade fica tipo numa encosta, então tem que fazer uma pequena trilha para descer até as praias. A Praia dos Nativos é onde ficam os principais clubes de praia da cidade e barracas. A Praia dos Coqueiros é mais tranquila, mas ainda conta com infraestrutura (barracas, etc). A Praia do Rio da Barra é lindíssima, mas está a mais de 40 minutos de caminhada da Praia dos Nativos e quase não tem infra nenhuma. 






3.Curtir os clubes de Praia. O valor por pessoa depende da época do ano (alta ou baixa temporada) e do clube. Fomos em janeiro, uma semana depois do Reveillon, e o valor pra passar um dia e ter o direito de usar a infraestrutura do clube estava em torno de R$200 - R$300 por pessoa, convertido em consumação (bebidas e petiscos). 



4. Aproveitar a noite em Trancoso. Apesar de bem tranquila e sem grandes opções, a noite em Trancoso é muito gostosa. Apenas os bares tem energia elétrica (a praça fica toda escura), e as mesinhas do lado de fora ganham luzes à vela. Fica um clima gostoso de cidade do interior!






PORTO SEGURO OU TRANCOSO?

Depende muito do gosto de cada um, mas, particularmente, eu escolheria (mil vezes!) Trancoso. Apesar da vida noturna ser menos agitada (ainda assim há vários restaurantes bacanas), o vilarejo é mais "bem cuidado" e charmoso que Porto Seguro.
Postar um comentário

instagram @oguiadeferias